Inepar: mais uma reunião e mais promessas

Mais uma reunião com investidores (cerca de 40) em Araraquara para anunciar, pela ducentésima vez, o plano que foi iniciado há alguns anos (ninguém sabe quando). O texto sobre o evento dá alguns indícios do efeito promessa-nunca-cumprida:

“Na sequência Cesar Romeu Fiedler explicou detalhes das empresas do grupo, e deu ênfase a um projeto que pretende mudar a cara da Inepar.” (quando?)

“Esta é só uma das várias medidas que estamos tomando, desde o processo de reestruturação da área de Relações com Investidores, mais precisamente quando ingressamos no Nível 1 de Governança Corporativa da Bolsa de Valores”, enfatizou Dionísio Leles.

Depois de muitos meses, atrasos e trapalhadas; o perfil da empresa deve se manter até mudar, o que não aconteceu. Apenas para ter uma ideia, até mesmo após a troca de cerca de 2x o valor atual de mercado da empresa por ativos rentáveis não ocorreu nenhuma mudança no preço das ações, simplesmente pela incredulidade do mercado, algo que deve perdurar até de fato vermos as dívidas diminuírem e a produção aumentar com margens convincentes.

Até lá, Inepar, por melhor que seja sua relação com investidores, continuará sendo uma bela promessa.

Comments are closed.