“A vida é difícil, tem que matar um leão por dia”

“Esses dias fui ao Rio para ministrar workshop. Estava jantando com meu pai e uns amigos, ouvi uma amiga falar a seguinte frase:” Tem que matar um dragão todo dia, se você não matar, ele te mata”. Pouco tempo depois ouvi ela repetir de novo. Creio que ouvi mais duas vezes depois disso.
A filha dela também estava presente. Tem a minha idade. Imagine o quanto ela já deve ter ouvido essa frase da mãe… E assim crescemos ouvindo coisas do tipo: a vida é difícil, tem que matar um leão por dia, a vida é sofrimento, sem dor não há crescimento, tudo vem com sacrifício, sem esforço não se consegue nada.

Estes conceitos são internalizados e viram crenças. As crenças tem um estranho poder sobre nós. Elas nos fazem prestar atenção em tudo que as confirmam. Quando acreditamos em algo, nossa mente busca fatos, razoes, motivos, experiências (nossas e de outras pessoas que presenciamos) que comprovam exatamente a crença. Isso ocorre porque a mente encontra e presta atenção àquilo que damos importância.

É a mesma coisa que ocorre quando estamos buscando um determinado tipo de curso (ou uma informação). De repente, passamos a ver anúncios nos jornais, revistas, e nas ruas os anúncios dos cursos que desejamos. Ouvimos também outras pessoas comentarem sobre o assunto. Não é que o assunto começou a pular sobre nós. É que a nossa mente, quando foca em algo, de forma seletiva começa a prestar a atenção aquilo, e toda vez que este algo estiver presente, vai nos chamar atenção, como estivesse pintado de rosa choque. As conversas, os anúncios, nada mudou. Você é que passou a prestar atenção de forma seletiva. Propagandas e conversas que antes passavam completamente despercebidas, agora, milagrosamente chamam a sua atenção.

Existe uma parte do nosso cérebro chamada de formação reticular e que é responsável pela atenção seletiva. Quando achamos que algo é importante, essa parte do cérebro fica “ligada” e chama a nossa atenção toda vez que este algo importante passa pelos nossos olhos ou ouvidos. Assim, parece que as coisas estão milagrosamente aparecendo na nossa frente. Mas na verdade, estamos apenas prestando atenção de forma seletiva. Também acredito que existem os fenômenos da sincronicidade, e que, quando focamos em algo, estas coisas tendem a cruzar ou aparecer no nosso caminho (lei da atração). Mas por hora, vamos apenas falar da formação reticular, que é o nosso “radar”.

Desenvolvendo a crença de que a vida é difícil, você irá prestar atenção em tudo que confirma que a vida é difícil.. O seu radar vai apontar pra você: eventos que ocorrem na sua vida, fracassos, perdas, eventos que ocorrem com outras pessoas, noticias na televisão… cada vez que você vir algo assim, vai ter algo dentro de você dizendo “é claro, a vida é difícil, tá vendo que a vida é difícil? Eu sempre disse que a vida é difícil… tá pensando que é fácil? Eu sabia que tinha que ser difícil”.

Cria-se então uma tensão. Antes mesmo de fazer qualquer coisa, inconscientemente, você já está sentindo e pensando que vai ser difícil. Pior ainda, de maneira também inconsciente, você vai produzir ações que vão dificultar sua vida, para comprovar a sua crença. Quando houver um caminho mais fácil, a tendência é que sua mente despreze, e não preste atenção (o seu radar não está treinado pra ver as coisas fáceis), pois você acredita que tudo tem que ser difícil. Se apareceu um caminho fácil, tem algo errado, não pode ser simples assim… tem que ser difícil….

E assim seguimos complicando a vida muito mais do que deveria ser. Dificuldades existem, mas boa parte delas somos nós que buscamos, criamos, fazemos acontecer. Devemos estar preparados para as dificuldades. Mas devemos também estar preparados para as facilidades. Quando algo vier fácil, enxergue, aceite, acolha, usufrua. A nossa crença deveria ser de que as coisas são boas, fáceis e abundantes. Este deveria ser o estado natural. Se não é assim, é devido a negatividade que existe dentro de nós e no mundo.

E se você começa a inverter a crença, e afirma constantemente que tudo vem fácil, seu cérebro vai começar a prestar atenção nas oportunidades mais fáceis. Sua vida ficará mais leve e os resultados aparecerão com maior facilidade.”

Fonte: Fórum da Inepar na ADVFN